Conheça alguns mitos sobre a dor na coluna


Sedentarismo, má postura e estresse são cenários presentes na vida de muitos brasileiros - e alguns dos maiores causadores de dor na coluna. De acordo com dados da Previdência Social, a dor de coluna responde por quase 160 mil licenças requisitadas por ano no país. A coluna vertebral é composta por vértebras, discos intervertebrais, nervos, músculos, medula e ligamentos. É nesse conjunto que acontece a maior parte das disfunções que causam dores nas costas. Apesar de ser sempre tratada como uma doença isolada, as dores na coluna podem ser tanto um reflexo de maus hábitos como um sinal de doenças mais graves - lombalgia (dor na lombar), hérnia de disco, e artrose, por exemplo. Por ser um tipo de dor nas costas muito comum, existem várias crenças e soluções caseiras para tratar ou evitar a dor na coluna que não passam de mito. Confira o que os especialistas dizem sobre o assunto e saiba mais sobre o problema:

Mito 1: Dores na coluna sempre indicam uma doença grave

Na maior parte das vezes as dores na coluna estão relacionadas a distúrbios musculares e posturais, que apesar do incômodo, não tem maior gravidade, mas toda dor na coluna é um sintoma de alerta, e como tal deve ser investigada. É importante fazer uma avaliação médica e descartar a possibilidade de outras doenças, principalmente se a dor for reincidente.

Mito 2: Excesso de exercício físico provoca dor na coluna

É comum pensarmos que as dores nas costas após uma série mais puxada de musculação são normais, mas isso está longe de ser verdade. O erro não está no excesso de exercício, mas sim na forma como ele está sendo feito ou na carga aplicada, fazer movimentos errados, não manter a postura ou então usar uma carga muito acima do recomendado são os verdadeiros causadores de dor na coluna durante a atividade física. Quando bem realizado, o exercício físico auxilia na prevenção da dor nas costas.

Mito 3: Toda dor na coluna deverá ser tratada com cirurgia

Fisioterapia, orientações de postura e ergonomia, controle de peso, atividade física saudável e uso de medicamentos, quando necessário, são as primeiras opções para tratamento. A cirurgia como opção de tratamento vai depender da causa da dor, mas em geral o procedimento é encarado como última alternativa, se não acontecer a melhora dos sintomas com os tratamentos anteriores. Por isso é importante consultar um médico, que irá investigar as causas da dor e indicar o tratamento adequado.

Mito 4: Dormir no chão ou num colchão duro é bom para a coluna

Dormir em colchões muito duros ou no chão além de não prevenir dores nas costas, pode favorecê-las, já que pode prejudicar a postura durante o sono. Mais importante que a densidade do colchão é o jeito de dormir. A melhor posição para dormir é de lado, com um travesseiro entre as pernas, e devemos evitar ao máximo dormir de bruços, que é a pior posição. O travesseiro que usamos também influencia em dores na coluna: independentemente de seu tamanho ou densidade, o travesseiro deve deixar o pescoço em uma posição neutra. Antes de comprar um colchão novo, verifique numa loja especializada se a densidade do colchão é adequada para o seu peso.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Unidade República - Av. Ipiranga, 318, Bloco A - nº 401 B - Centro, São Paulo
Unidade Vila Olímpia - R. Gomes de Carvalho, 1765 - Cj. 92- Vl. Olímpia, São Paulo